A festa e a lista de convidados.

Estava “zapeando” neste domingao e parei em um filme.
Este filme era “O pai da noiva”, com Steve Martin. Estava justo na cena onde comecam os preparativos com um party-planner e o mesmo diz que a festa comeca pelo “tipo do bolo”. Depois veio a cena onde eu mais me identifiquei: lista de convidados.
O pai, ao escutar do party-planner que cada convidado custaria o equivalente a US$ 250 e que a lista estava beirando a 600 pessoas, decidiu comecar a cortar gente.
E a dificuldade de cortar gente!?
Quem casou / está por casar sabe disso.
Sempre tem a “tia Mariquita” que nao te ve faz uns 15 anos, mas se nao a convidar, ficará ofendida. Ou o “primo do vizinho do colega do seu pai” que é um “bom companheiro”.
Ou todo o setor de onde voce trabalha, que tem “só” 20 pessoas (considerando que cada pessoa esteja casada ou com filho, já aumenta). Ouuuuu… aqueles parentes que só sabem reclamar e dar “bafao”?
Creio que neste caso, devem haver critérios para a elaboracao da lista de convidados. Todos sabem que casamento é caaaaaaro!
1. A pessoa tem contato com voce sempre ou só te liga quando está em situacao de desespero / convidar pra festa (pra ganhar presente)?
2. Voce quer chamar as pessoas de coracao ou por obrigacao? Se a segunda resposta é a correta… cuidado!
3. Além da questao $, existe a questao do espaco físico. Nao dá pra colocar 300 pessoas onde cabem 100.
Claro.. existem outras variáveis que afetam o processo de montar a lista! Mas estes, para mim, sao bem importantes!
Beijos, gente! Posted by Vivi Mozer
tags:

2 respostas para “A festa e a lista de convidados.”

  1. Nathy disse:

    Vivi, achei muito legal o post! Primeiro por lembrar o filme do Pai da Noiva (quem n]ao viu, VEJA, é super engraçado) e também por tocar num tema importante… LISTA DE CONVIDADOS!

    Muito legais os toques :)))

  2. Eduarda disse:

    EU JA VI O FILME MUITO BOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *