França | Para Sempre Cinderela

Lua de mel em Paris…

Lua de mel. Muito mais lua, das noites enluaradas das primeiras núpcias, e muito mais mel, mel de todo o chamego reservado para este momento de celebração à dois do casamento. Um tempo pra descansar de toda a correria dos preperativos, ficar remomorando os momentos mais gostosos da festa, compartilhar emoções e intensificar o amor deste início de caminhada.
E quem já não se pegou imaginando a lua de mel dos sonhos? Mas quem não sonha, não viaja em pensamentos, pára no tempo. Como diria o poeta, o mar não é um obstáculo, mas um caminho, uma ponte interligando caminhos, tempo e passagens.
Lua de mel pra mim tem de ser apaixonada, intensa. E quantos momentos intensos não vivemos numa viagem? Por isso, selecionando os roteiros mais românticos das minhas andanças, resolvi viajar mais uma vez nas lembranças, compartilhar um pouco das minhas experiências e saber um pouco da de vocês abrindo  a seção “Lua de mel” no blog. E, claro, para estrear com chave de ouro, gostaria de apresentar um pouco de uma cidade que eu particularmente adoro, a charmosa e irresístivel… Paris.

Para os casais amorosos, começo a percorrer um pouco dos caminhos românticos da cidade luz com a “Lenda do cadeado na Pont des Arts”… Os enamorados escrevem seus nomes ou iniciais em mini-cadeados, os trancam na ponte e jogam as chaves no rio Sena em sinal de amor eterno, para que sempre fiquem ateados juntos. 

Lindo, não é mesmo? Prepare seu cadeadinho, acreditando ou não na lenda, só a magia do lugar já vale a brincadeira. Falando em brincadeira, quem disse que carrossel é coisa de criança? Vá a Paris e tente não se encantar com as dezenas de carrosséis espalhados pela cidade. Tente, mas aposto que não vai conseguir. Upa!
Coisas que deixam aquela saudade gostosa, aquele gostinho de quero mais. Com palavras conseguimos escrever estes sentimentos? Em meados de 1900, em Paris, Frédéric Baron tentou, e em todas as línguas! Na ocasião, pediu aos turistas do bairro de Montmartre para escrever “Eu te amo” em sua língua original em papéis. Assim, o “Eu te amo” em quase todas as linguas está gravado no Le Murs de Je t´aime, um mural de azulejo e pedacinhos de corações partidos na Place des Abbesses. Procure o nosso…
Já que a temática do post é, sem dúvida, romantismo, a noite poderia terminar com a hospedagem num Castelo Hotel pertinho de Paris. Pensa que sonho, um conto de fadas perfeito! O preço do Castelo Esclimont (esse das fotos abaixo) não é uma coisa tão inalcançável não, vale a pena ao menos uma pernoite ;)
Meninas, está tão corrido! Aos poucos estou visitando todas e vendo os posts que não li. Mas espero que tenham gostado deste tira-gosto, Paris tem muuuuito mais caminhos a percorrer, prometo falar mais num próximo post. Se alguém quiser mais sugestões de passeios, roteiros etc, dá uma olhada aqui. Beijos!
Até depois do feriado! Feliz Páscoa a todas(os)!
Créditos:
Fotos: Arquivo pessoal.
Homepage fotos Castelo d´Esclimont.