Entendeu ou quer que eu desenhe?

“Entendeu ou quer que eu desenhe?”  foi o lema seguido pela artista britânica Maria Tiurina em uma série chamada “Palavras Intraduzíveis” (Untranslatable Words), ilustrando o significado de 14 palavras de diferentes idiomas que não tem correspondente em outras línguas.

Cafuné, português brasileiro: O ato de ternura dos dedos correndo pelos cabelos de alguém.

Ilustrações palavras intradutíveis - Marija Tiurina (5)

Gufra, Árabe: Quantidade de água que você pode segurar nas mãos.

Ilustrações palavras intradutíveis - Marija Tiurina (6)

Palegg, do Norueguês: Qualquer coisa que você pode colocar em uma fatia de pão.

Ilustrações palavras intradutíveis - Marija Tiurina (4)

Tingo, Pascuense: O ato de pegar todos os objetos que você gosta do seu amigo, gradualmente, pedindo emprestado.

Ilustrações palavras intradutíveis - Marija Tiurina (5)

L’appel Duvide, dFrancês: “A chamada do vazio” seria a tradução literal, mas uma melhor descrição seria sobre o instinto de pular do alto de prédios.

Ilustrações palavras intradutíveis - Marija Tiurina (1)

Schlimazl, do Ídiche: Uma pessoa com azar crônico.

Ilustrações palavras intradutíveis - Marija Tiurina (4)

Baku-Shan, do Japonês: Uma garota que é bonita desde que você só a veja de costas.

Ilustrações palavras intradutíveis - Marija Tiurina (2)

Luftmensch,  Ídiche: Refere-se a alguém que é sonhador. Significa literalmente: pessoa aérea.

Ilustrações palavras intradutíveis - Marija Tiurina (7)

Torschlusspanik, do Alemão: Medo de que diminua as possibilidades conforme a idade passa.

Ilustrações palavras intradutíveis - Marija Tiurina (3)

Age-Otori, do Japonês: Quando você fica pior do que estava antes de cortar o cabelo.

Ilustrações palavras intradutíveis - Marija Tiurina (1)

Duende, espanhol: O misterioso poder que uma obra de arte tem e que toca as pessoas profundamente.

Ilustrações palavras intradutíveis - Marija Tiurina (2)

Schadenfreude, do Alemão: Aquela sensação de prazer ao ver a desgraça alheia.

Ilustrações palavras intradutíveis - Marija Tiurina (6)

Kyoikumama, japonês: Uma mãe que fica em cima do filho para que ele tenha um bom desempenho acadêmico.

Ilustrações palavras intradutíveis - Marija Tiurina (3)

Tretar, Sueco: É o segundo refil, ou melhor, a terceira vez que você repete.

Ilustrações palavras intradutíveis - Marija Tiurina (7)

tags:

Uma caixa, poesia e uma ação por dia – Projeto Carpe Diem.

A descoberta da poesia e das “pequenas felicidades” que nos rodeiam começa com uma caixa e um desafio de 31 dias.

projeto poesia caixa carpe diem (3)

Ao contrário da “caixa de Pandora”, que carregava em si os males do mundo, a caixa “Carpe Diem” carrega pequenos “encantos” em forma de poemas e pequenos textos acerca do amor, da amizade, do perdão e outros temas.A brincadeira tem regras simples e começa a partir da confecção da caixa, feita pelo próprio participante (abaixo, algumas já feitas ):

projeto poesia caixa carpe diem (4)

projeto poesia caixa carpe diem (7) projeto poesia caixa carpe diem (2) projeto poesia caixa carpe diem (1)

 

Cada dia, uma poesia diferente e dois “desafios” (você escolhe um para executar), que são, na maior parte das vezes, coisas simples, como “diga a alguém o quanto você o ama”, “escute uma história de seus avós”, “dê alimento a um cão abandonado” etc.

As ações proporcionam uma descoberta da poesia dentro de si. Fiz a caixa toda e a experiência foi ótima!

Ao cumprir o desafio de “observe o céu alguns minutos”, me lembrei da infância, de quando olhava para o céu e via desenhos nas nuvens. E, os dragões e dinossauros em forma de algodão doce ainda estavam lá no céu e me sorriam. Sorri de volta. A “criança” criativa e sonhadora que se diverte com aquilo que tem em mãos continua aqui.

Ficou com vontade de fazer sua caixa e participar? Veja aqui como:

projeto poesia caixa carpe diem (6)

Fique com alguém que não tenha dúvidas!

Quando a gente quer muito uma pessoa, a gente se engana. A gente tenta encaixar aquele outro ser humano em posições que nunca foram dele. A gente clama ao universo para um sim em algo que já começou destinado ao não. A gente quer, e a gente bate o pé e faz pirraça feito criança para conseguir. Mas um dia a gente percebe que amor tem que ser uma via de mão dupla.

Amor tem que ser fácil, tem que ser bom, tem que ser complemento, tem que ser ajuda. Amor que é luta é ego. Amor que rebaixa é dor. E então a gente aprende que amor que não é amor, não encaixa, não orna, não serve.
Fique com alguém que não tenha conversa mole. Que não te enrole. Que não tenha

Que não tenha meias palavras. Que não dê desculpas. Que não bote barreiras no que deveria ser fácil e simples. Fique com alguém que saiba o que quer e que queira agora.
Fique com alguém que te assuma. Que ande com orgulho ao seu lado. Que te apresente aos pais, aos amigos, ao chefe, ao faxineiro da firma. Que segure a sua mão ao andar na rua. Que não tenha medo de te olhar apaixonadamente na frente dos outros.

Fique com alguém que não se importe com os outros.Fique com alguém que não deixe existir zonas nebulosas. Que te dê mais certezas do que perguntas. Que apresente soluções antes mesmo dos questionamentos aparecerem. Fique com alguém que te seja a solução dos problemas e não a causa.

Fique com alguém que não tenha traumas. Que não tenha assuntos mal resolvidos. Que saiba que para ser feliz, tem que deixar o passado passar. Fique com alguém que só tenha interesse no futuro e que queira esse futuro com você.
Fique com alguém que te faça rir. Que te mostre que a vida pode ser leve mesmo em momentos duros. Que seja o seu refúgio em dias caóticos. Fique com alguém que quando te abraça, o resto do mundo não importa mais.

Fique com alguém que te transborde. Que te faça sentir que você vai explodir de tanto amor. Que te faça sentir a pessoa mais especial do universo. Fique com alguém que dê sentido à todos os clichês apaixonados.
Fique com alguém que faça planos. Que veja um futuro ao seu lado. Que te carregue para onde for. Que planeje com você um casamento na praia, uma casa no campo e um labrador no quintal. Fique com alguém que apesar de saber que consegue viver sem você, escolhe viver com você.
Fique com alguém que não se esconda. Que não te esconda. Que cada palavra seja direta e clara. Que não dê brechas para o mal entendido. Que faça o que fala e fale o que faça. Fique com alguém cujas palavras complementam suas ações.

Fique com alguém que te admire. Que te impulsiona pra frente. Que te apoie quando ninguém mais acreditar em você. Que te ajude a transformar sonhos em realidade. Fique com alguém que acredite que você é capaz de tudo aquilo que queira.
Fique com alguém que você não precise convencer de que você vale a pena. Que não tenha dúvidas. Fique com alguém que te olhe da cabeça aos pés e saiba, sem hesitar, que é você e só você.
Fique com alguém que te faça olhar para trás e agradecer por não ter dado certo com ninguém antes. Fique com alguém que faça não existir mais ninguém depois. (Mariana Barbieri)

 

i walked for miles till i found you

 

 

“- Existe uma palavra em alemão: Lebenslangerschicksalsschatz. E a mais próxima tradução seria ‘O tesouro do destino ao longo da vida.’ E Victoria é  ’wunderbar’, mas ela não é minha Lebenslangerschicksalsschatz. Ela é minha Beinaheleidenschaftsgegenstand, sabe? Isso significa ‘Aquilo que é quase aquilo que você quer, mas não completamente.’ E é isso o que Victoria é pra mim.

– Mas como sabe que ela não é Lebenslangerschicksalsschatz? Talvez com o passar dos anos ela se torne mais Lebenslangerschicksalsschatz.

– Não, não, não. Lebenslangerschicksalsschatz não é algo que se desenvolve ao longo do tempo, é algo que acontece instantaneamente. Atravessa você como água de um rio depois da tempestade, preenchendo e esvaziando você ao mesmo tempo. Você sente isso em todo o seu corpo. Nas suas mãos. No seu coração. No seu estômago. Na sua pele. Já se sentiu assim com alguém?

– Acho que sim.

– Se tem que pensar a respeito é porque não sentiu.

– E tem absoluta certeza que encontrará isso um dia?

– É claro. Eventualmente todo mundo encontrará. Só que nunca saberá onde ou quando.”

(How I Met Your Mother)

 

 

Textos de http://thesecret.tv.br/2015/03/fique-com-alguem-que-nao-tenha-duvidas/

tags: