Cherish the dress

Este estilo de fotografia, assim como o trash the dress, é um ensaio fotográfico de feito após o casamento.
O conceito “cherish the dress” surgiu na Inglaterra como um contraponto ao “trash the dress” americano. Várias noivas abominam a idéia de destruição do vestido (proposta do trash the dress). Assim, os britânicos buscaram um conceito mais suave, onde o vestido se viria a se tornar “a estrela” e não a “vítima”. Das  mãos do fotógrafo Chris Hanley, surge oficialmente o Cherish the Dress.
Este é o site do fotógrafo.
A primeira proposta do Cherish é a clássica sessão fotográfica dos noivos  fora da correria do dia do casamento, fazer belas fotografias sem necessariamente destruir ou pixar o vestido da noiva.
A princípio, os adeptos deste estilo quiseram partir para locações diferentes dos ambientes naturais do trash the dress, como apartamentos, hotéis, cafés e paisagens urbanas.
Penso que o principal objetivo da sessão é o conceito das belas imagens, da valorização e não-pixação do vestido e não tanto locação escolhida para a sessão. Tanto que notamos os próprios ingleses retornando às paisagens campestres já com a proposta Cherish.

Fotos de Hamptonmanor

E assim, mostrando que a criatividade extrapola os próprios conceitos, os criadores inovam mais uma vez com fazem a sessão Vintage Cherish the Dress, onde fazem algumas fotogrias inspiradas num filme britânico.

Fotos do site Love my dress.

E viva a criatividade!

tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *