Vivências…

33339313

Existem tantas maneiras de se pensar o mundo! Ideologia, educação, religião. Nossa “verdade” não é única, é apenas “nossa”. Aprender a conviver e entender a diferença diminui a tensão social causada pela exacerbação do “ego”, distribuindo o sentimento de partilha.

O projeto que aos poucos pretendo desenvolver esse ano se chama “Vivências”, que consistirá em participar de atividades culturais, de lazer ou religiões diversas, dar minha visão sobre os fatos vivenciados e dar direcionamento para quem quiser seguir os passos.

Por quê?

Vivência  do latim viventia, faz alusão ao processo ou manifestação de estar vivo, experiência ou modo de vida. Ou, em outras palavras, é o conhecimento adquirido através da experiência vivida, que não é lida ou contada, mas experimentada.

A vivência daquilo que é diferente é uma proposta para colocar em cheque ideais, valores, crenças e explorar pela fresta da janela. Respeirtar a diferença daqueles que sentem e agem diferentemente de nós. Partilhar para agregar. Se despir das capas do preconceito e se abrir para o novo. Respeitar e vivenciar outras bagagens.

Embora explorar diferentes experiências no âmbito religioso se constitua num vasto campo a ser explorado (e explorarei), não pretendo restringir-me apenas a ele. Uma vivência pode ser religiosa, mas também cultural, gastronômica e tantas outras. Dividirei aqui no blog impressões e dicas para quem quiser repetir a experiência e serão bem-vindos ao projeto “Vivências”.

1013875_282388655262062_1602493503_n

tags:

One Response to “Vivências…”

  1. Tatiane Neves disse:

    Nossas vivências são nossas e podem ou não serem partilhadas, mais eu penso que a partir do mommento que compartilhamos nossas vivências, elas podem servir para o outro que tem medo de experimentos, que tem medo do novo do desconhecido, as vivências fazem parte do ser humano, fazem parte de um todo, um todo que precisa ser curioso, cuidado e experimentado, amo esse tema vivências, parabéns Nathy tenho certeza que serão posts ótimos e que nos trarão muito mais força! *Proposta um encontro sobre as nossas vivências! beijos :)

Deixe uma resposta